Curadoria

Curador

Laerte Ramos

O artista (São Paulo, SP, 1978) destaca-se no panorama da arte contemporânea brasileira especialmente pela produção em cerâmica e em gravura. Trabalha ainda com diversas linguagens como o vídeo, a instalação, a performance e a ação urbana. Graduado em artes plásticas pela Fundação Armando Alvares Penteado (2001), as pesquisas por ele empreendidas têm como principal eixo condutor os meios reprodutivos da imagem, as seriações em diferentes suportes e a relação com as cidades em que são produzidas ou expostas. Seus trabalhos excedem o caráter de meras peças unitárias e cruzam diferentes linguagens para modificar o compreensão destas e do espaço em que se inserem. Desde a segunda metade da década de 1990, Laerte Ramos tem participado de importantes mostras coletivas e, nos últimos 20 anos realizou diversas exposições individuais, no Brasil e no exterior. Participou de diversos programas de residência artística (França, Suíça, Holanda, Portugal e China) e foi contemplado com diversos prêmios, dentre os quais podem ser destacados o Prêmio Lelocleprints (2004), o Prêmio Marcantônio Vilaça – Pró Cultura/ MinC (edições de 2012 e 2013), e o Prêmio Mostras de Artistas no Exterior – Fundação Bienal de São Paulo/ Phoenix Institute of Contemporary Arts (2011). Recentemente representou o Brasil na Expo Milano 2015 com uma grande instalação de cerâmica que ocupou o Octógono da Pinacoteca de São Paulo no ano anterior. Ganhou o Prêmio Marcantônio Vilaça de curadoria em 2019. Vive e trabalha em São Paulo.